Sugestão de textos sobre aids e deficência


CONVERSANDO SOBRE SEXUALIDADE E DEFICIÊNCIA - UMA OVERDOSE PARA NOSSA PREPOTÊNCIA; UM TSUNAMI EM NOSSO ORGULHO.
Sonia B. Hoffmann - 11 de agosto de 2010
http://www.diversidadeemcena.net/

DST/AIDS E DEFICIÊNCIA: Acesse
VISUAL - Débora Marques Gomes ( TCC - UNISUL). 

Sexualidade- Um tabu a ser quebrado - Reportagem da Revista Incluir de maio/junho de 2010
Acesse

Levantamento internacional sobre aids e deficiencia - 2004 - Material de Nora Groce
Leia

Pessoas com deficiência têm direito de exercer sexualidade, mas ainda há impedimentos na sociedade, avaliam participantes de seminário em SP - Agência de Notícias da Aids - São Paulo, 16/04/2010 - Coordenadora do Instituto Amankay, Marta Gil, diz que há falta de dados sobre pessoas com deficiência e portadoras do HIV -    Rodrigo Vasconcellos
Uma pessoa com deficiência tem direito a exercer a sexualidade, mas pode enfrentar preconceitos e não ter acesso a dados sobre prevenção do HIV/aids por conta da sociedade. Esta foi uma das constatações de participantes do seminário “Ações e Reflexões sobre aids e deficiência: diferentes vozes” na zona leste de São Paulo. “Inclusive, ainda faltam dados envolvendo HIV/aids e deficiência. Quantas pessoas com essas características têm o vírus?”, criticou a coordenadora do Instituto Amankay, Marta Gil. A iniciativa de realizar o evento é da ONG com apoio do Programa Estadual de DST/Aids.
De acordo com o Censo do IBGE de 2000, 14,5% da população brasileira têm algum tipo de deficiência, ou seja, cerca de 24 milhões de pessoas. Mesmo assim, segundo Marta Gil, a visibilidade desses cidadãos na sociedade é baixa. “A nossa cidade nem sempre permite a acessibilidade em lugares públicos, o que deixa os indivíduos aprisionados em alguns casos.”
A falta de acessibilidade traz outro problema: a falta de acesso à informação. A psicóloga do Amakay Fernanda Sodelli contou histórias de pessoas com deficiência. Em alguns casos, ficam isoladas e sob proteção da família, o que pode de certa forma prejudicá-las. “Muitas mães podem dizer, meu filho ou minha filha não faz sexo. Portanto, não necessita saber sobre isso. Mas, no momento que esse descobre a possibilidade e consegue uma paquera correspondida, não exige nada da outra pessoa, muito menos o preservativo. A relação acaba sendo uma submissão”, explicou.
“As escolas também algumas vezes encaram o tema com certo preconceito e dizem que quem deve ensinar sexualidade são os pais. Mas, o fato é que invariavelmente, em algum momento, todo mundo descobre o sexo”, acrescentou o representante da Secretaria de Estado de Direitos da Pessoa com Deficiência Daniel Monteiro que também é deficiente visual. “Neste momento que é importante incentivar a descoberta, mas também abordar o tema prevenção.”
A recente onda de escândalos de pedofilia envolvendo a Igreja Católica também serviu como gancho para o seminário. Segundo Marta Gil, quando uma criança com deficiência se isola demais, sem motivo aparente, o caso necessita de uma investigação mais profunda. “Se estes casos atuais na mídia geralmente são abafados, imaginem quando envolve esta parte da população”, disse Marta Gil.
Falta de Informação
A coordenadora do Instituto Amankay, Marta Gil, também criticou a falta de informação envolvendo HIV/aids e deficiência. “Quantas pessoas com essas características têm o vírus?”
O sociólogo Cláudio Monteiro do Programa Estadual de DST/Aids de São Paulo explicou que a aids também pode deixar sequelas, tornar uma pessoa deficiente. “Isso dificulta um pouco para apurar quantas têm HIV.”
“Mas não é impossível, necessitaria uma pesquisa mais aprofundada”, rebateu Marta Gil.
O ativista do Instituto Vida Nova Américo Nunes também lembrou que em 2009 o Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais lançou edital de pesquisa na área, com investimento de R$ 500 mil, e mesmo assim não recebeu nenhuma proposta. “Faltou mais divulgação por parte do Ministério”, disse Marta Gil.
“Falta também uma posição mais política das ONGs nessa área também”, afirmou Américo Nunes em entrevista.
O evento contou com a presença de estudantes da Universidade Cruzeiro do Sul, além de gestores e ONGs. A ideia foi trazer reflexões sobre o tema fora de bairros centrais de São Paulo”, conta Marta Gil. Segundo ela, a atividade deve ser repetida no próximo dia 27 em Santo Amaro.
UM ESTUDO SOBRE A VULNERABILIDADE DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 


Normas para a Inclusão de Pessoas com Deficiência nas Campanhas Contra o HIV/Aids
Nora Groce - 2006 
http://siteresources.worldbank.org/DISABILITY/Resources/280658


Violência Sexual & Deficiência - Anahi Guedes de Mello - 2003
http://www.saci.org.br/index.php?modulo=akemi%C2%B6metro=8495

Instituições para portadores de deficiência têm estratégias contra a violência
Fonte: Agência Fiocruz - Publicado em 29/01/2009
http://www.saudeemmovimento.com.br/reportagem/noticia_frame.asp?cod_noticia=2936

Declaração de Direitos Sexuais 
Durante o XV Congresso Mundial de Sexologia, ocorrido em Hong Kong (CHINA), entre 23 e 27 de agosto p.p., a Assembléia Geral da WAS - World Association for Sexology) aprovou as emendas para a Declaração de Direitos Sexuais, decidida em Valência, no XIII Congresso Mundial de Sexologia, em 1997. http://www.ibiss.com.br/dsex_destaque.html


Pessoas convivendo com a deficiência e aids.
Sonia Hoffman e Angela Reichert  - 2010
http://groups.google.com.br/group/aidsdeficiencia/browse_thread/thread/d2e6c4b1a8cd0d98


Vulnerabilidade e Violencia Sexual no Contexto da Escola Inclusiva: Reflexão sobre a Invisibilidade da Pessoa com Deficiéncia - WIndyz Ferreira - 2008
http://dialnet.unirioja.es/servlet/oaiart?codigo=2556526


Direitos Humanos e HIV/AIDS
Aids e deficiências: os direitos humanos como interface - p. 97/ Brasilia - 2008
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/direitos_humanos_hiv_aids.pdf


HIV/AIDS e pessoas com deficiência: da reflexão à política pública
Marta Gil e Mario Siede - 2007
http://saci.org.br/index.php?modulo=akemi%C2%B6metro=20085


Sinalizando a saúde para todos: HIV/AIDS e pessoas com deficiência
Marta Gil e Sérgio Meresman
http://siteresources.worldbank.org/EXTLACREGTOPHIVAIDS/Resources/ArtigoSidaeDeficienciaGil_Meresman.pdf


Aids e deficiencia : interfaces e perpectivas
Marta Gil, Ana Rita de Paula, Mina Regen e Fernanda Guilardi Sodelli - 2007
http://www10.prefeitura.sp.gov.br/dstaids/novo_site/images/fotos/Inventario07.pdf


Programa "De igual para Igual " , de Ana Paula Crosara, com Marta Gil  sobre Aids e pessoas com deficiência. Maio de 2007
http://www.bengalalegal.com/aids.php


"Prevalência de necessidades especias em pacientes portadores da infecção pelo vírus HIV/Aids: impacto na qualidade de vida - IV Inventário de Pesquisas em HIV/Aids da cidade de São Paulo - 2009
http://www10.prefeitura.sp.gov.br/dstaids/novo_site/images/fotos/Inventario09.pdf

A sexualidade da pessoa com deficiência
Leandra Migotto Certeza -  2009
http://www.inclusive.org.br/?p=12340


Levantamento Global sobre aids e deficiência

Nora Groce - 2004
http://globalsurvey.med.yale.edu/capturing_hidden_voices_portuguese.pdf

Carta Santos
http://seminario-hivaids-e-deficiencias.googlegroups.com/web/Carta+Santos.pdf?gda=HHvc10YAAAAzdSZjzyIXyKDFOjSd0t0G7rzBBABBtZbJ7hWaJ1zNFkD0MJSUelP1JFtZO12GYJQytiJ-HdGYYcPi_09pl8N7vfIMBHWMPCFEo6rEBANEIQ

Carta Florianópolis - 2008
http://seminario-hivaids-e-deficiencias.googlegroups.com/web/Carta+Florianopolis.pdf?gda=seG5_E0AAAAzdSZjzyIXyKDFOjSd0t0Goq6cGWSfqmAWBT76bpGnuRt96sA4Mlyal7Nxgbb3wwLfl1AQPxuu2xQvhU7DVTz7nh2meoqzAFtb0doaUnBmUA

3 comentários:

Equipe Amankay disse...

TESTE

CVI-BH disse...

Prezados amigos de movimento social,

Gostaria de convidá-los a visitar o blog do CVI-BH HTTP://vidaindependentebh.blogspot.com e navegue nos diversos assuntos afeitos às questões das pessoas com deficiência. Por estarmos participando o prêmio TOPBLOG 2010 pedimos sua confiança em depositar seu voto em nosso blog para que continuemos nosso trabalho em favor da inclusão deste movimento que ainda precisa lutar muito por respeito e dignidade. Estamos à disposição para todo tipo de esclarecimento quanto ao nosso movimento e nossa Instituição. Abraços Kátia Ferraz - Presidente

Anônimo disse...

Olá, amiga! O blog está espetacular e bastante atual! Vou lhe enviar a capa da segunda edição de nosso livro - substituímos a estátua de Michelangelo por um autoretrato de Frida Khalo e acrescentamos um capítulo, além de complementar com ítens da Convenção. O volume atual está com 154 páginas e esperamos que continúe agradando! Bjs Mina